PublicidadeIcone publicidade
Reclamação em réplicaEm réplica

Filhos crianças maltratado pelo segurança

Assaí Atacadista
Araçariguama - SP
13/05/2024 às 12:41
ID: 188657375
Status da reclamação:
Reclamação em réplicaEm réplica


Sou formado em administração pedagogia tem um mestrado em educação sou professor há 21 anos sou professor universitário trabalho nas escolas técnica de sapopemba e Etec de cidade Tiradentes faço todos os meses compra no açaí São Mateus faço compras e levo meus filhos para comprar neste domingo dia 12/05/2024 aproximadamente às 16 e 30 aí eu entrei no mercado para fazer as mesmas compras rotineiras que faço sempre estava eu comprando no mercado e meus filhos transitando no mercado são crianças meus filhos no mercado junto comigo tem a seguinte idades o Pedro Costa de Lima 6 anos o Téo Costa de Lima 10 anos o Ítalo Costa de Lima 8 anos o Christian Lucas Costa de Lima 12 anos vemOs mesmos estavam sentados próximo aos caixas rápidos no pé da gôndola do chocolate quando um segurança do mercado da loja 1 chegou dos meus filhos mandou pedir para ficar em pé e pediu para que os 3 se retirasse do mercado ,meu filho de 12 falou que não iria ser retirado do mercado o segurança tentou pegar o braço dele pra puxar ali pra fora só que ele falou que estava com meu pai e falar pro pai o segurança se dirigiu até a mim que eu estava na parte de trás para a próxima ali da mercearia dos feijões e arroz lá atrás do mercado perguntou se eu era responsável pelas crianças e disse para mim que era para mim cuidar melhor dos meus filhos porque os clientes estavam reclamando que meus filhos estavam bagunçando no mercado eu disse Pra Ele que eu também era cliente que eu compro no mercado desde quando o mercado abriu eu perguntei Pra Ele se meus filhos tinham aberto algum produto danificado algum produto se tinha algum custo esse tinha que produto era qual era o custo que eu iria pagar ele falou que nada disso aconteceu ele falou que as crianças estavam correndo e na verdade não que elas não corresse no mercado ,criança é criança se vocês olharem pelas câmeras você vai ver que depois disso outras crianças correram também eu vi um casal de pessoas negras com 2 crianças negras que correram no mercado eu vi 2 crianças brancas um menino e uma menina correndo no mercado o segurança não teve a mesma atitude que teve comigo com as outras pessoas O segurança agiu de maneira discriminatória eu não estou dizendo que ele foi racista racismo é um preconceito é uma discriminação racial então dizendo que ele me discriminou porque ao e o mercado eu estava vestido de maneira simples igual meus filhos também estavam porque eu não vou de terno e gravata para o mercado eu já tenho que trabalhar assim a semana toda estava simplesmente no dia comum fazendo compra quando o segurança se dirigiu a mim depois que eu verifiquei que não havia nada de errado afinal se ele tivesse me abordado que as crianças estavam correndo para o mercado para a segurança deles para não ocorrer nenhum acidente se eu pudesse falar com as crianças de maneira educada falando comigo nenhum processo nenhum problema mas não foi ,ele veio falar para mim que os meus filhos estavam incomodando outros clientes ,porque outros clientes seriam mais importantes do que eu sou cliente igual a todos compro igual a todos eu pago minhas compras como todo mundo e se o cliente tem direito de reclamar que meu filho está correndo eu tenho direito de reclamar que meu filho tem o direito de ir e vir , e se o mercado avisa é para não abrir mercadorias para não arrumar problema com a segurança e a gente nunca abriu nenhuma que se tem outras regras e regulamento do mercado eu não tenho conhecimento, Não sou obrigado a sub entender, vocês no mercado coloquem essas regras claras de maneira escrita para quando a gente entrar no mercado saber eu não adivinho o qual é o pensamento de vocês com relação a regras de forma que isso nunca aconteceu foi somente dessa vez com esse segurança chamado Dantas é um segurança que ele não tem respeito pelos clientes depois ele me coagir disse para eu ficar na moral que se ele quisesse me colocava pra fora enquanto eu reclamava com um responsável Elaine ele ri de mim me perseguiu fora da loja

Compartilhe

Resposta da empresa

21/05/2024 às 17:33

Olá, Francisco!
 
Realizamos tentativas de contato através do telefone (1x) XXXXX-0110 no dia 14/05 às 12h16, 17/05 às 10h34, 20/05 às 14h57 e às 15h22, e dia 21/05 às 14h33, mas não obtivemos sucesso.
 
Gostaríamos de informar que os devidos esclarecimentos referente a manifestação foram prestados através do protocolo de atendimento CS1119110 registrado no Procon.
 
Seu protocolo de atendimento para esse caso registrado no Reclame Aqui é CS1118963.

Estamos à disposição.
 
Dispomos de um canal de atendimento pronto para ajudar, através do telefone/WhatsApp 0800 773 2322. Estamos aqui de segunda a sábado, das 7h às 22h, e aos domingos e feriados, das 8h às 20h. Sinta-se à vontade para contar conosco sempre que precisar!
 
Espaço do Cliente Assaí 
Marian

Réplica do consumidor

23/05/2024 às 12:32

Abri um boletim de ocorrência vamos ver na delegacia as imagens do meus filhos quebrando os chocolates, lembrando que calunia é [Editado pelo Reclame Aqui] , denunciaççao caluniosa também

Réplica do consumidor

04/06/2024 às 11:17

A empresa se posicionou a favor da açõa truculenta e discriminatória do seu segurança, a mesma disse que a conduta do segurança estava certa em:
Falar que meus filhos eram adotados;
Expulsar meus filhos do mercado antes de me consultar;
Tentar por a mão no braço do meu filho de 12 anos para expulsá-lo do mercado;
Dizer para eu que se quizesse tirava eu e meus filhos do mercado;
ME mandar cuidar melhor dos meus filhos;
Paraece que a politica de postura adequada dessa organzaçõa racista e um pouco confuso se comárado a padrões de bom senso

PublicidadeIcone publicidade

Reputação da empresa:

Bom
BOM
7.0/ 10
CompareVer página da empresa

Está com problemas com Assaí Atacadista?

Reclamar
PublicidadeIcone publicidade
PublicidadeIcone publicidade