PublicidadeIcone publicidade
Reclamação não resolvidaNão resolvido

Gerência despreparada, mal educada e sem treinamento

Status da reclamação:
Reclamação não resolvidaNão resolvido

Ontem, 06 de abril, por volta das 19 horas, no Assaí Atacadista da Rua Regente Feijó em Piracicaba/SP, o supermercado extremamente lotado, várias senhoras de mais de 65 anos tanto nas filas preferenciais quanto nas filas comuns e havia um grupo de 3 pessoas que visivelmente não eram preferenciais ocupando vaga na fila preferencial sendo que haviam várias senhoras de 70 anos atrás desse grupo e outras com criança de cólo. Esse grupo era formado por 2 mulheres bem jovens e uma criança na faixa dos 7 aos 10 anos já grande, não era de cólo. Todo mundo da fila preferencial e da fila ao lado começou a reclamar. Fomos falar com a atendente do caixa para que ela não deixasse aquele grupo passar na frente. Mesmo assim ela deixou. Fui lá então perguntar porquê esse grupo era preferencial e obviamente que a atendente despreparada não soube me responder, devolvi a pergunta para uma das donas da compra e ela me respondeu que estava grávida. Perguntei se ela tinha a carteira pré Natal para poder provar e ela abaixou a cabeça e o filho dela mandou eu calar a boca. Então uma das senhoras idosas que estava na fila se juntou a mim e fomos procurar a gerência. A gerente era uma mulher jovem, nem deu atenção para o que falamos, disse apenas que a fila era preferencial, mas não restrita a quem tem condições especiais e nem se importou mesmo com a senhora idosa dizendo a ela que haviam inúmeras outras idosas e mães com criança pequena que estavam na mesma fila e sendo prejudicadas sem ter o seu direito sendo cumprido tendo que esperar pessoas que provavelmente não eram preferenciais serem atendidas primeiro. Então a idosa que estava ao meu lado perguntou à gerente: "como é que faz para valer o nosso direito se qualquer pessoa pode chegar aqui e mentir que está grávida?" A resposta da gerente foi: "isso vai do caráter de cada um, pois eu não posso pedir pra ela provar que está grávida". Todos os clientes que estavam ali ficaram indignados com essa resposta da gerente que em nenhum momento saiu do balcão dela para ir até nós ver o que estava acontecendo, não teve nenhum interesse em ir lá defender o direito de quem realmente tinha o direito. Totalmente despreparada, pois existe uma lei para isso que não estava sendo cumprida e essa gerente tinha a obrigação de ir lá e perguntar com educação para aquela cliente se ela tinha algum documento comprovando, pois a presença dela estava causando desconforto para os demais clientes tanto da fila dela quanto ao lado, pois era visível a falta de educação desse grupo que ficaram dando risada se sentindo vitoriosas por terem conseguido passar a compra mesmo com todo mundo atrás reclamando. A falta de educação do povo não me surpreende, o que me surpreendeu foi a falta de preparo da gerente e da atendente, mas muito pior a gerente que quando solicitada só falou asneira e não cumpriu com o papel dela. Esse supermercado precisa selecionar melhor quem contrata e dar treinamento adequado, pois não é de hoje que percebo a má qualidade no atendimento.

Compartilhe

Resposta da empresa

24/04/2024 às 14:53

Olá, Érika!

Conforme contato telefônico no dia 23/04, está ciente que as lojas realizam anúncios para conscientizar os clientes sobre o uso da caixa preferencial, pois muitas deficiências não são visíveis, por exemplo o autismo.

O objetivo dessas filas é agilizar e tornar mais conveniente o atendimento para os clientes que delas necessitam sem que eles precisem detalhar detalhes pessoais sobre sua condição.

Portanto, ressaltamos a importância de tratar todos os clientes com respeito, cortesia e consideração em cada interação.

Seu protocolo de atendimento para esse caso registrado no Reclame Aqui é CS1074989.

Estamos à disposição.

Dispomos de um canal de atendimento pronto para ajudar, através do telefone/WhatsApp 0800 773 2322. Estamos aqui de segunda a sábado, das 7h às 22h, e aos domingos e feriados, das 8h às 20h. Sinta-se à vontade para contar conosco sempre que precisar!

Espaço do Cliente Assaí
Aline

Consideração final do consumidor

24/04/2024 às 15:42

A pessoa que me ligou desconhece os detalhes da lei federal em questão e me pareceu ser sem preparo assim como a gerente da loja física. Novamente ela repetiu as mesmas besteiras: que é necessário contar com o caráter de cada cliente. Ora, se vamos depender de caráter, então vamos sugerir ao governo que excluam todas as leis e o sistema judiciário. Se algum cliente tivesse chamado a polícia naquele dia, muito provavelmente resultaria em [Editado pelo Reclame Aqui] de falsidade ideológica para a cliente fingindo estar grávida e isso prejudicaria as vendas e a dinâmica do supermercado naquele dia. Mesmo sabendo disso, o Assaí continua desconhecendo que existe um documento chamado de carteira pré-natal que deve sim ser solicitado nesses casos. Mas a má vontade não os deixa aprender. O culpado disso é o proprietário da empresa que não investe em treinamento de pessoal.

O problema foi resolvido?
Reclamação não resolvidaNão resolvido
Voltaria a fazer negócio?
Não
Nota do atendimento
0
PublicidadeIcone publicidade

Reputação da empresa:

Bom
BOM
7.0/ 10
CompareVer página da empresa

Está com problemas com Assaí Atacadista?

Reclamar
PublicidadeIcone publicidade
PublicidadeIcone publicidade