PublicidadeIcone publicidade
Reclamação em réplicaEm réplica

"Variação de preço acima de 30% não permitida" - Fujam da Bitcointoyou

BITCOIN TO YOU
Brasília - DF
28/02/2024 às 15:21
ID: 183530849
    Status da reclamação:
    Reclamação em réplicaEm réplica

    Se a crypto está valendo 100 hoje, mas você quer deixar uma ordem de venda limite no valor de 1000, a plataforma do Bitcointoyou te proíbe!

    Simples assim!!!

    Piora!!! Pois a crypto está valendo os tais 100 hoje, mas eu fiz uma ordem de 122,5. Portanto, apenas 22,5% acima do valor de mercado e mesmo assim a mensagem absurda do título deste relato apareceu pra mim.

    Tentei atendimento pelo Chat da empresa:

    Eu: A plataforma de trade avançado aparece a mensagem "Variação de preço acima de 30% não permitida" quando eu tento fazer uma ordem de venda limite. Por que essa limitação absurda?

    Atendimento: é uma trava de segurança senhor

    Eu: Segurança pra quem?

    Em resumo, a trava bloqueia os clientes da Bitcointoyou em deixar ordens de venda em aberto que são meros 30% acima do atual valor de mercado. Uma ordem que pode ficar 1, 2, 3 anos e nunca ser executada se a crypto nunca chegar naquele valor!!! Pior, o valor limite (30%) é mera ficção da mensagem de erro, pois, como dito, tentei fazer uma ordem de apenas 22% acima do valor e fui bloqueado!!!

    Solicitei que essa trava fosse retirada do meu perfil e a resposta do atendimento foi: "não há exceção".

    Logo, como a Bitcointoyou não vai retirar essa limitação absurda para todo mundo..

    FUJA!!!

    Compartilhe

    Resposta da empresa

    29/02/2024 às 15:15

    Igor,

    Reclame Aqui não é um canal de atendimento oficial da empresa.

    Caso queira atendimento, envie sua solicitação através do e-mail: contato@bitcointoyou.com e aguarde um retorno.

    Mas se já estiver feito isso, retornaremos o mais breve possível.

    Aguardamos ansiosamente o seu contato.

    Atenciosamente,
    Bitcointoyou

    Réplica do consumidor

    29/02/2024 às 15:30

    Parece que a empresa não se deu ao trabalho de ler meu relato por inteiro no ReclameAqui.

    Fiz minha reclamação no ReclameAqui POR CAUSA da resposta do atendimento da própria Bitcointoyou.

    Réplica do consumidor

    12/03/2024 às 14:42

    E minha relação com a BitcoinToYou só piora!

    Tentei fazer um saque do MEU $ sob a custódia dessa empresa e, para minha surpresa, os limites de transferência são muito baixos e não há nenhuma possibilidade configurá-los.

    Sendo que quando me cadastrei para operar na B2U há anos atrás, cumpri várias etapas de verificação, envio de documentos e tudo mais para ter um status de verificação tal que me permitiria operar SEM LIMITES.

    Entrei no atendimento do chat para requisitar essa alteração dos meus limites e a B2U exige TODA MINHA PRIVACIDADE FINANCEIRA para eu poder movimentar o MEU DINHEIRO sob a custódia deles!

    É surreal!!!

    Estes foram os documentos que me exigiram, conforme copiado e colado do chat:

    Para prosseguirmos com a sua solicitação de aumento de limite, pedimos que preencha a Ficha Cadastral Complementar que segue em anexo e nos envie os documentos listados abaixo:

    Comprovação de fundos (caso tenha vendido algum imóvel, rendimento de investimento, nota fiscal e etc.);

    Retirada de sócios;

    Prints de saques de outras corretoras, incluindo o crédito do saque na conta bancária de sua titularidade;

    Comprovação de vendas de bens;

    Extrato de carteira de investimentos (PDF com marca dágua);

    Salário.

    Reforçamos a importância de nos enviar o maior número de documentos que comprovem a necessidade do aumento de limite, que será ajustado de acordo com a renda apresentada.

    Corram da BitcoinToYou!!!

    PublicidadeIcone publicidade

    Reputação da empresa:

    Ruim
    RUIM
    5.3/ 10
    CompareVer página da empresa

    Está com problemas com BITCOIN TO YOU?

    Reclamar
    Melhores
    Criptomoedas
    Tire todas as suas dúvidas e confira o ranking das melhores empresas na página exclusiva do Reclame AQUI.
    Acesse o ranking
    PublicidadeIcone publicidade
    PublicidadeIcone publicidade