PublicidadeIcone publicidade
Reclamação em réplicaEm réplica

Nao consigo falar com uma pessoa!

C6 Bank
Tapes - RS
18/04/2024 às 18:05
ID: 187073249
Status da reclamação:
Reclamação em réplicaEm réplica

Não consigo falar com um especialista, atendente, qualquer um!
Eu já entrei no chat um milhão de vezes nos últimos 15 dias, o robô nao resolve nada, zero e só estressa o cliente. Peço que entrem em contato por favor, um humano!

Compartilhe

Resposta da empresa

22/04/2024 às 09:37

Olá, como vai?


Entendemos sua solicitação e gostaríamos de compartilhar informações importantes sobre o aumento do seu limite de crédito. Realizamos as análises para disponibilizar ou aumentar o crédito diretamente em nosso aplicativo. Essas avaliações são periódicas e levam em consideração diversos aspectos do seu perfil como consumidor, como seus gastos, o uso atual do limite, pagamentos em dia e outros fatores. Com base nessa análise, no momento não foi possível efetuar o aumento do seu limite.
Continuaremos acompanhando seu comportamento em relação ao uso dos nossos serviços e produtos, assim como sua atividade no mercado. Se, de acordo com nossas políticas, entendermos que você pode ter um aumento de limite no futuro, enviaremos um e-mail para informá-lo, tudo bem?
Da mesma forma, lembramos que a qualquer momento você pode verificar se há um aumento de limite disponível. Basta acessar o aplicativo, ir até Limites de crédito e conferir o limite pré-aprovado.
Você também pode solicitar uma análise de limite através do chat. Para isso, acesse o chat no aplicativo, digite Aumentar limite e siga as instruções.
Para ajudar nesse processo, gostaria de compartilhar alguns hábitos financeiros que podem ser positivos durante uma nova análise:
• Utilize o C6 Bank como seu banco principal. Ao concentrar sua renda, transações financeiras, investimentos e outros serviços conosco, teremos uma visão mais completa do seu potencial de compra.
• Faça a portabilidade do seu salário para o c6 diretamente pelo aplicativo. Receber seu salário por aqui, além de auxiliar na primeira dica, nos fornecerá uma compreensão mais precisa da sua renda média.
• Configure suas contas em débito automático. Além de aproveitar ao máximo os recursos do banco, isso garantirá que suas faturas, se houver, sejam pagas em dia. Esse é mais um indicador positivo para a análise.
Para garantir transparência nesse processo, temos um gerenciamento de risco de crédito em conformidade com a resolução n° 96/2021 do Banco Central. Você pode encontrar mais informações sobre isso na cláusula 5.4.3 do nosso Contrato de Cartão de Crédito.
Ah, também temos uma alternativa chamada CDB Cartão de Crédito, que pode ajudar você a obter um limite. Com ele, cada R$1 investido se transforma em crédito no seu cartão. O valor investido rende dentro do aplicativo e você pode fazer compras com o limite concedido. Se quiser saber mais, acesse https://www.c6bank.com.br/cdb-credito/.
Estamos à disposição para qualquer dúvida ou esclarecimento adicional.
Atenciosamente,
Time de Atendimento C6 Bank

Réplica do consumidor

24/04/2024 às 08:49

Bom dia!
Infelizmente vocês estão muito errados e estão fazendo eu passar por situações desagradáveis, tendo em vista que a redução do valor do limite do cartão, deverá sempre ser realizado após um aviso prévio.

Além de pagar entre duas ou mais faturas do mês, pois o banco não disponibiliza mais limite, tendo que pagar para liberar mais limite, só por este motivo o banco já deveria entender que eu preciso de mais limite, pois pago duas a tres vezes por mes.

Segue o entendimento do Supremo Tribunal de Justiça e aguardo retorno.
[08:43, 24/04/2024] Dra Vanessa Leite: APELAÇÃO CÍVEL. CONTRATOS DE CARTÃO DE CRÉDITO. ALTERAÇÃO DO LIMITE DE CRÉDITO. DEVER DE INFORMAÇÃO. 1. A transparência dos termos que regem o negócio jurídico direito à informação clara e adequada constitui em dever do fornecedor de serviços, que deve permear toda e qualquer relação de consumo, desde a sua celebração até o momento pós-contratual. 2. Toda alteração no limite de crédito fornecido redução ou aumento deverá ser informada ao consumidor com razoável antecedência, através de notificação idônea, sob pena de infração ao art. 6, inc. III, do Código de Defesa do Consumidor. 3. Caso dos autos em que, tendo o autor sido informado da redução do limite de crédito apenas com um dia de antecedência, não restou cumprido o requisito da transmissão adequada e eficiente da alteração contratual, estando configurado o ato ilícito.
[08:44, 24/04/2024] Dra Vanessa Leite: REDUÇÃO DE LIMITE DE CARTÃO DE CRÉDITO SEM PRÉVIA INFORMAÇÃO AO USUÁRIO. DANOS MORAIS EVIDENCIADOS. Ao reduzir o limite do cartão de crédito sem prévio aviso ao usuário, a instituição financeira rompeu a garantia de idoneidade do serviço prestado, devendo, por tal razão, responder pelos danos causados. Incidência do art. 14, 3, I e II, do CDC. A redução, pelo Banco, do limite de cartão de crédito do autor, quando esse se encontrava em viagem de férias, sem que, anteriormente, qualquer informação a respeito lhe tivesse sido fornecida, causou-lhe danos morais, que merecem ser indenizados.

Réplica do consumidor

25/04/2024 às 10:40

Bom dia!

Infelizmente vocês estão muito errados e estão fazendo eu passar por situações desagradáveis, tendo em vista que a redução do valor do limite do cartão, deverá sempre ser realizado após um aviso prévio.



Além de pagar entre duas ou mais faturas do mês, pois o banco não disponibiliza mais limite, tendo que pagar para liberar mais limite, só por este motivo o banco já deveria entender que eu preciso de mais limite, pois pago duas a tres vezes por mes.



Segue o entendimento do Supremo Tribunal de Justiça e aguardo retorno.

[08:43, 24/04/2024] Dra Vanessa Leite: APELAÇÃO CÍVEL. CONTRATOS DE CARTÃO DE CRÉDITO. ALTERAÇÃO DO LIMITE DE CRÉDITO. DEVER DE INFORMAÇÃO. 1. A transparência dos termos que regem o negócio jurídico direito à informação clara e adequada constitui em dever do fornecedor de serviços, que deve permear toda e qualquer relação de consumo, desde a sua celebração até o momento pós-contratual. 2. Toda alteração no limite de crédito fornecido redução ou aumento deverá ser informada ao consumidor com razoável antecedência, através de notificação idônea, sob pena de infração ao art. 6, inc. III, do Código de Defesa do Consumidor. 3. Caso dos autos em que, tendo o autor sido informado da redução do limite de crédito apenas com um dia de antecedência, não restou cumprido o requisito da transmissão adequada e eficiente da alteração contratual, estando configurado o ato ilícito.

[08:44, 24/04/2024] Dra Vanessa Leite: REDUÇÃO DE LIMITE DE CARTÃO DE CRÉDITO SEM PRÉVIA INFORMAÇÃO AO USUÁRIO. DANOS MORAIS EVIDENCIADOS. Ao reduzir o limite do cartão de crédito sem prévio aviso ao usuário, a instituição financeira rompeu a garantia de idoneidade do serviço prestado, devendo, por tal razão, responder pelos danos causados. Incidência do art. 14, 3, I e II, do CDC. A redução, pelo Banco, do limite de cartão de crédito do autor, quando esse se encontrava em viagem de férias, sem que, anteriormente, qualquer informação a respeito lhe tivesse sido fornecida, causou-lhe danos morais, que merecem ser indenizados.

PublicidadeIcone publicidade

Reputação da empresa:

Regular
REGULAR
6.8/ 10
Ver página da empresa

Está com problemas com C6 Bank?

Reclamar
Melhores
Emissoras e Bandeiras de Cartão de Crédito
Tire todas as suas dúvidas e confira o ranking das melhores empresas na página exclusiva do Reclame AQUI.
Acesse o ranking
PublicidadeIcone publicidade
PublicidadeIcone publicidade