Reclamação não respondidaNão respondida

Claro cobra por serviço que não contratei nem usei

Status da reclamação:
Reclamação não respondidaNão respondida

Esta reclamação possui mais de 3 anos e não está mais sendo contabilizada no índice da empresa

Ver todas Reclamações

Desde a fatura do mês 12/2016 a Claro vem me cobrando por um serviço que eu não contratei, ao qual não aderi remotamente, que nunca usei e o qual já solicitei pessoalmente e por email que fosse suspenso e os valores inadequadamente cobrados, ressarcidos. Trata-se do Claro Música.

Na fatura de 12/2016, veio cobrado R$ 14,97 pela suposta utilização do serviço por três vezes. Reclamei pessoalmente na loja da Claro situada no Shopping Villa Lobos, em SP capital. Pedi o ressarcimento e a suspensão do serviço - que, repito, jamais contratei ou usei.

No mês seguinte, nenhum ressarcimento foi feito e o valor voltou a ser cobrado: na fatura de 01/2017, foram debitados R$ 19,96, por supostas quatro utilizações.

Reclamei novamente, desta vez por meio da página do assinante da Claro na internet no dia 30/1/17. No mesmo dia 30/1/17, às 18h50, sob protocolo n. 00317.31860.92179, recebi comunicado da Claro informando que foi lançado como crédito em sua fatura com vencimento em 02/2017 os valores cobrados indevidamente em sua fatura. Achei que o problema finalmente tivesse acabado, mas não.

Chegou a fatura de 02/2017 e não apenas não veio ressarcimento algum como a Claro voltou a me cobrar pelo suposto serviço Claro Música, desta vez, R$ 24,95.

Tudo considerado, a Claro, irregular, leviana, ilegal e [Editado pelo Reclame Aqui]mente, já me cobrou (a fatura tem débito automático) R$ 59,88 por um serviço que eu não contratei e sobre o qual, portanto, nada devo. A empresa aparentemente (segundo o email que recebi em 30/1/17) já admitiu o erro, mas não faz o devido: devolver o que me deve e parar de me importunar mensalmente com uma cobrança indevida.

Compartilhe
Não recomendada
Não recomendada
--/ 10

Está com problemas com Claro?

Reclamar