Reclamação em réplicaEm réplica

PERSONA ASSESSORIA EMPRESARIAL - COBRANÇA INDEVIDA E NÃO AUTORIZADA!

Empregos.com.br
Santos - SP
14/01/2015 às 18:23
ID: 11496944
    Status da reclamação:
    Reclamação em réplicaEm réplica

    Esta reclamação possui mais de 3 anos e não está mais sendo contabilizada no índice da empresa

    Ver todas Reclamações

    Boa noite, Me chamo Thiago e sou de Santos/SP. Semanea passada estive em meu banco (Bradesco) juntamente com minha mãe, que é quem confere meus extratos. Ela já vinha me dizendo a tempos que o meu banco cobrava muito caro as taxas da conta bancária. Achei isso um tanto estranho e já que estava ali resolvi verificar. Informado pela minha gerente, a primeira cobrança que minha mão se referiu estava correta. Tratava-se da taxa única ou "cesta de produtos" como o Bradesco chama. Já para nossa surpresa a segunda não se tratava de uma taxa e sim de uma cobrança no valor de R$ 45,00. A gerente foi além, ela disse que essa cobrança vem de meses e é como se fosse um boleto bancário. Ainda pesquisou no sistema e me informou que não tem dados da empresa, mas que o favorecido era PERSONA ASSESSORIA EMPRESARIAL, e que pelo que os seus subordinados apuraram nas quase duas horas que estive no banco é que se tratava de uma cobrança ligada a mão de obra/empregos. Também me disse que não havia no sistema nenhum tipo de CNPJ. Minha reclamação aqui, ou melhor minha indagação seria como uma empresa que nunca ouvi falar, consegue me cobrar via conta bancária e o bando ainda pagar por algo que eu nunca contratei, assinei e sequer sabia da existência? Alias posso lançar um desafio aqui, caso essa empresa ache em seus arquivos um currículo meu verdadeiro, com todas as minhas informações pessoais e profissionais eu me comprometo a pagar esta taxa por mais 10 anos. Caso ela não encontre tamanha é minha certeza que sequer conheço os serviços prestados por essa empresa, eles me devolvem todo o dinheiro pago indevidamente, acrescidos de juros e correção monetária, dando por encerrado o episódio e evitando transtornos judiciais. Quero saber para ontem como fica o meu direito, a cobrança indevida, a apropriação indébita e até um possível ESTELIONADO. Ou resolvemos isso aqui para ontem ou primeiro eu vou fazer um B.O. no prazo de 48 horas e após vou para justiça, sem volta. Aguardo providencias. Thiago Thomaz

    Compartilhe

    Resposta da empresa

    16/01/2015 às 17:52

    Boa tarde, Thiago!



    Conforme nosso contato no dia 16/01/2015, estamos aguardando o envio dos extratos para análise e resolução dessa reclamação.



    Atenciosamente.

    Equipe Empregos.

    Réplica do consumidor

    16/01/2015 às 18:54

    Conforme seu contato na tarde de hoje, 16/01/2015 lhe enviei um e-mail com cópia dos meus extratos com a seguinte redação:

    Boa tarde,
    Conforme solicitado na presente tarde, segue em anexo meu extrato bancário desde 01/12/2013 até a presente data.
    Foram 13 cobranças indevidas e de serviços não contratados no valor de R$ 45,00 cada cobrança.
    Acredito que o prazo de 05 dias seja mais que suficiente para vocês apurarem o erro e me devolver todo o montante.
    Este é o meu prazo para resolver um problema que eu não criei. Esse assunto pode gerar muito mais problemas judiciais a vocês, nas esferas civil e criminal. Estou convicto que vocês tem um nome a zelar e eu também, sendo assim peço a imediata solução para o caso e da-lo por encerrado até dia 23/01/2015.
    Att,
    Thiago Thomaz

    Réplica da empresa

    17/03/2015 às 09:02

    Senhor Thiago, bom dia.



    Nossa equipe de atendimento realizou o contato prestando os esclarecimentos necessários em relação ao ocorrido. Reafirmamos nossa responsabilidade de manter o padrão de qualidade que caracteriza a empresa.

    Na expectativa de sempre atendê-lo (a) e continuar contando com sua preferência, ficamos a disposição através de nossos canais de atendimento: www.empregos.com.br ou através do fale conosco: (11) 3531-3055 de segunda a sexta, exceto feriados das 8h às 18h.



    Atenciosamente.

    Equipe Empregos.

    Está com problemas com Empregos.com.br?

    Reclamar