Reclamação respondidaRespondida

Não contratem esta empresa! Seu filho ficará com traumas pelo resto da vida!

Status da reclamação:
Reclamação respondidaRespondida

Esta reclamação possui mais de 3 anos e não está mais sendo contabilizada no índice da empresa

Ver todas Reclamações

LEIAM ESTE RELATO ANTES DE CONTRATAR A EXPERIMENTO! POR FAVOR! NINGUÉM MAIS PODE PASSAR PELO QUE PASSAMOS!!!

Contratei a empresa EXPERIMENTO para intercambio de 1 ano da minha filha, de 15 anos.

Inicialmente, colocaram minha filha em uma família que já havia tido problemas com outros estudantes, estudantes que também tiveram que mudar de casa e mesmo depois de varias reclamações ainda a mandaram para lá! A casa era nojenta, sem a mínima condição de higiene, onde minha filha ficava doente toda semana pela falta de higiene deles - fezes dos animais pela casa toda, roupas sujas pelo chão, banheiro sem limpeza, lixo pela casa (como as fotos anexadas a este processo comprovam). Ao ponto da minha filha perder aula, sempre com atestados ao ponto de precisar pagar por uma injeção de 100 dólares.
Minha filha estava assustada e sozinha em um lugar estranho em que a coordenadora, que deveria, ajuda-la não fazia nada sobre a situação mesmo tendo visitado a casa em um estado deplorável, e nem havia explicado para minha filha qual o processo se decidisse mudar de família, algo que pelo MEDO e falta de apoio minha filha não o fez.
Ficava sozinha com os outros dois filhos a maior parte do tempo pois a mae da família ficava internada por varias semanas doente e quando seu marido chegava em casa já era tão tarde que minha filha nem sequer o via. Nos solidarizamos com a situação mas então uma família com tantos problemas nem ao menos deviam estar no programa!!!
Minha filha tentou muito cativara família sempre se culpando por não conseguir fazer realmente parte da família - ignorando toda a falta de higiene do lugar - tanto que chegou ao ponto de termos que contratar uma psicologa por skype meses depois dela estar morando naquela casa, o que não pode continuar pelas reclamações por ir para cama muito cedo e que ela deveria ficar mais com a família mesmo que a ignorassem quando presente. Até que descobriram que Marissa a garota de 13 anos teria que fazer uma cirurgia no coração, obviamente de vida ou morte, e isso fez a situação financeira e emocional da família ficar muito delicada. Com certeza não era adequado para minha filha estar naquela situação. Houve momentos em que a pediram dinheiro para comprar alimentos e gasolina para o carro (um absurdo!!!), e após a cirurgia da garota, minha filha acabou perdendo vários dias de aula e dormindo na casa de vizinhos ou amigos da família, chegou ao ponto de passar uma semana inteira na casa de uma amiga de Elisha por não ter condição de levá-la pra escola, e a coordenadora estava ciente de tudo que estava ocorrendo. E tudo isso, por medo, não era totalmente dito pela nossa filha até então pois ela tinha MEDO de sofrer algum tipo de consequência ou prejudicar a família.
Após ficar sabendo de tudo isso, desesperada por estar longe e sem poder ajudar minha filha, e a encorajamos a mudar de família mesmo com medo. Então sua primeira atitude foi a de falar com outra estudante que havia se mudado para perguntar como era o processo de mudança. Após ter tirado algumas dúvida falou com a supervisora e sua primeira atitude foi ficar BRAVA com MINHA filha!! A enviou diversas mensagens grosseiras (algumas anexadas neste processo) dizendo que ela sempre deveria ser a primeira a ser contatada, até antes de sua família (mais um absurdo!!!)! E que deveria ter alertando-a antes que a situação não estava boa mesmo a senhora já sabendo de tudo o que estava acontecendo, ela deveria tomar a atitude melhor para os estudantes desde o início. Lembrem-se que estamos falando de uma adolescente de 15 anos a quem confiei o cuidado à agência!!!
O maior medo era de não encontrar uma outra família ou ser rejeitada e ter que desistir de seu sonho, ainda mais por ser uma cidade tão pequena, mas a coordenadora ora insistia em fazer uma reunião aberta para dizer que ela queria mudar de família, então minha filha a convenceu a não falar nada até conseguir achar outro lugar para ir se não teria que ficar num lugar ruim e ainda por cima onde as pessoas sabem que ela não deseja mais estar.
A coordenadora falou que tudo estava pronto e dizia que a família nova a queria o mais rápido possível e por minha filha ainda não entender inglês completamente não compreendeu que estaria quebrando as regras indo um dia antes e que não deveria avisar sua família no Brasil, a coordenadora havia pedido para ela não nos comunicar sobre onde ela estava! Que absurdo!!!! Mas em nenhum momento ela havia parado de nos informar então comuniquei a agência no Brasil pois nem eu, nem minha filha, sabíamos que a mulher havia dito para ela OMITIR a situação, e então a agência no Brasil contatou a AYA, e claro, minha filha não tinha os detalhes sobre o que houve realmente mas a coordenadora mandou mais mensagens grosseiras para minha filha piorando sua situação psicológica - sei disso por ela sempre chorar em nossos telefonemas! Então, mais uma vez foi mandada para a casa de outra família pois ainda não havia autorização para ficar na nova. Queria tirar minha filha de lá, mas minha filha não queria perder o ano letivo de nenhuma maneira e tentava ser forte naquela situação absurda!!!
Varias coisas aconteceram nesse meio tempo, tanto que um amigo francês de minha filha se mudou para a casa que ela estava antes - de Elisha - mesmo eles tendo problemas haviam mandado outro estudante para lá poucos meses depois!!! Lyess, seu amigo francês, estava passando coisas ruins como ela, até o fizeram pagar mil dólares por uma viagem com a família e amigos das crianças - onde planejavam levar minha filha antes de se mudar - onde ele deveria ter pago apenas 300 dólares, eles havia pago a viagem para outras duas pessoas e também tinha que pagar combustível para eles!!! Esse foi o limite do amigo dela que já havia tido uma má experiência com sua antiga família ainda mais pela família de Elisha tê-lo ameaçado depois que descobriu que ele queria ir embora e que havia tirado fotos de sua casa suja (também anexadas), depois disso acabaram achando uma família boa para ele e recebeu o dinheiro do intercâmbio de volta. Depois de quase dois meses sua nova mãe decidiu fazer um curso para o exército e teria que fazer uma viagem de alguns meses, não teria problema foi o que eles falaram, ela ficaria a penas com o pai e as crianças, até que algumas semanas depois ele disse que ia viajar também e que eu deveria ir para outra família, a coordenadora encontrou outra família com esforço, dessa vez não fez reclamações por não ter como culpar minha filha por eles terem que viajar! Foi aí que minha filha se mudou pela TERCEIRA vez e descobriu que na verdade seu antigo pai não havia viajado apenas não a queria morando mais lá! E outra vez não teve nenhuma atitude da coordenadora sobre este absurdo, a final eles acabaram de receber um novo membro na família e simplesmente decidiram fazer uma viagem, onde sua mãe tinha opção de escolher quando ir. Minha filha ignorou este fato e ficou em sua nova família, dividia quarto com uma menina de 10 anos e havia mais 3 garotos na família, seus pais eram bons mas seus filhos tinham problemas em aceita-la. O mais velho de 17 anos sempre a xingava quando passava mas minha filha não tinha coragem de revidar, não queria se mudar mais uma vez então apenas tentava esquecer sobre como seus irmãos a tratava, e não ficar no mesmo ambiente que eles apenas se seus país estivessem presentes, mesmo que eles vissem em vários momentos e não reagissem por não perceberem que ela compreendia a situação. Depois de reclamar de insultos que recebia constantemente de seus irmão, conversou com seu pai, e ele a disse que a família não estava no momento para ter uma estudante e que estavam fazendo isso apenas para ajudá-la a voltar para casa, por não ter nenhum outro lugar para ir, fazendo minha filha ficar pior e se sentindo como se estivesse morando de favor sendo que pagamos muito caro por essa viagem, imaginando que seria a MELHOR EXPERIENCIA DE SUA VIDA! Mal sabíamos que seria este PESADELO!
Em todas as famílias a coordenadora demorou semanas para visitá-la e não verificava a casa, apenas olhava se tinha um quarto e um banheiro para usar ignorando a sujeira e o resto da casa, e também a relação entre eles. E na maioria das vezes respondendo minha filha de maneira grosseira a fazendo se sentir mal e inferior.
Há cerca de 1 semana enviei este relato e as fotos comprovando a falta de higiene a qual minha filha foi exposta, além das mensagens abusivas da coordenadora, porém, nenhum retorno nos foi dado em relação ao ressarcimento do valor pago e também dos danos morais sofridos por nossa filha! Infelizmente, é este o tratamento que essa empresa dá aqueles que promete uma experiencia incrível!!!

Compartilhe

Resposta da empresa

07/07/2018 às 17:23

Olá,
Agradecemos seu contato e já estabelecemos resposta em um outro post neste aplicativo com o mesmo assunto. Informo que o tema esta em tratativas internas pois, apesar de todo o exposto, a estudante não retornou antecipadamente, realizou o programa até o fim. Desta forma temos que ter uma avaliação especifica que demora um pouco mais, pois escolas nos Estados Unidos fecharam para recesso e dependemos de parecer de terceiros. Espero que compreendam.
Atenciosamente,
Equipe Experimento

Está com problemas com Experimento-Intercâmbio Cultural?

Reclamar