Reclamação respondidaRespondida

Péssima Experiência

Status da reclamação:
Reclamação respondidaRespondida

Esta reclamação possui mais de 3 anos e não está mais sendo contabilizada no índice da empresa

Ver todas Reclamações

Voltei esta semana de um intercâmbio de 6 meses na Irlanda e gostaria de expressar aqui a minha insatisfação com o atendimento que eu recebi por parte da Experimento-Alphaville.
Quando cheguei na agência minha vontade era ir para a Austrália (por conta do clima ser similar ao do Brasil) e assim que começamos a conversar eu disse exatamente o valor que eu tinha disponível para o intercâmbio (que soube posteriormente ser insuficiente considerando o valor do pacote mais as condições para tirar o visto). Mesmo assim me deixaram fechar um curso de 04 meses em Brisbane que não condizia com a minha realidade. Tudo foi extremamente amargo, pois só descobri isso após uma conversa com uma consultora de outra agência em que eu vinha fazendo orçamento e que foi reforçado através da despachante indicada pela própria Experimento que me passou que por conta da minha idade (34 anos), acrescido a condição de eu estar desempregada me deixava com um perfil com pouquíssimas chances de conseguir o visto. Uma loteria extremamente cara para mim. 
Neste momento, eu já havia acertado o pagamento do curso de R$ 12.791,55 + R$ 4.590,43 de passagens áreas + R$350,00 de despachante a mais de 20 dias. Sendo que paguei à vista R$ 5.132,99 do curso + R$ 327,41 do voo + R$ 350,00 do despachante. 
Fechei o curso no dia 29/07 e ao saber que não teria o valor necessário para comprovar afim de conseguir o visto (mais de R$ 26.000,00 livres e sem movimentação em conta) entrei imediatamente em contato com a Experimento afim de fazer o distrato no dia 24/08. 
Imaginem a minha frustração depois de já ter falado para alguns familiares e amigos de que eu iria viajar. 
Fui orientada a transferir o intercâmbio para a Irlanda, pois eu perderia mais com o distrato mesmo tendo avisado a agência com 2 meses de antecedência.
Me senti rendida, pois o valor para o intercâmbio na Irlanda da Experimento é muito acima da média do mercado, argumentei isso com a consultora (inclusive enviando orçamentos que eu tinha), mas ainda sim vinha uma diferença de mais de R$ 500,00 para eu pagar com a transferência de país. Transferi o intercâmbio e os prejuízos continuaram, me passaram que a diferença seria de R$ 522,34 e como era uma sexta-feira à tarde perguntei se poderia retornar na segunda, pois queria conversar com a minha família antes de fazer este novo acerto, me passaram que não teria problemas, entretanto quando fui acertar na segunda fui informada que a agência não poderia honrar o valor que havia sido enviado e agora a diferença era de R$ 564,66. Vocês não imaginam a situação que eu já estava contando que eu já havia efetuado vários pagamentos e minha conta só baixava. Eu só não cancelei por que já tinha criado toda uma expectativa em mim e na minha família. 
Depois que considerei tudo ok, me passaram que uma das semanas na acomodação tinha pego a alta temporada e eu tinha um saldo devedor de R$ 53,76. Minha mãe pagou para mim porque na hora eu estava tão triste que chorava. 
Depois disso fui pesquisar na internet as informações sobre os requisitos para permanecer na Irlanda, pois já tinha percebido que as dadas pela Experimento eram insuficientes. Descobri sozinha que tinha uma taxa de 300 euros a ser paga na imigração, além dos 3.000 que eu deveria comprovar para conseguir o visto para os 8 meses. Me preparei e mesmo com dificuldade parti com 3.300 euros.
Quando cheguei na Irlanda descobri que eu estava em uma acomodação a 02h45 à pé da escola e os 300 euros que eu levei para pagar a taxa da imigração além dos 3.000 da comprovação passei a usar para pagar as passagens de ônibus. Também soube somente na Irlanda que eu teria que agendar uma data online na imigração para mostrar os 3.000 euros e obter o visto e que o tempo de espera era superior a um mês; Considerando que eu só tinha acomodação acertada para 1 mês e não poderia mexer nos 3000 se eu quisesse pegar o visto de estudante me vi tendo que escolher entre fechar um lugar para morar (no qual eu gastaria no mínimo 500 euros já que a prática lá é de se fazer o pagamento de um depósito + o aluguel do mês) e conseguir comprovar o valor na imigração para obter o visto de estudante e poder estudar os 6 meses de curso que eu paguei. Se tivessem me preparado eu poderia ter agendado a data desde o Brasil (visto que o agendamento é online) e ganhado um tempo precioso. Não teria tido que ficar comendo salgadinho no almoço para economizar dinheiro, extremamente nervosa por não saber o que fazer. Fiz tudo com a minha rescisão trabalhista, não tenho pessoas para me financiar.
Acho isso uma falha, por que se fosse para descobrirmos as coisas sozinhos não precisaríamos contratar uma agência para nos dar assistência.
Paralelo a isso, fui extremamente prejudicada com o cancelamento e a forma de reembolso que foi aplicada as passagens que tive que cancelar para a Austrália. Fizeram um estorno de R$ 3.387,99 em uma única fatura e todo mês permaneceu vindo a cobrança parcelada de R$ R$ 472,68 (08 parcelas no total). Tive que insistir com a gerente da unidade de Alphaville e demorei um tempo para descobrir que no fim perderia R$ 1.202,44 em multas, por que a todo tempo a Experimento me dizia que era responsabilidade da companhia aérea o reembolso. Na hora de fechar a compra eu pude acertar com eles (e duvido que eles façam isso de graça), mas na hora de responder aos meus questionamentos era responsabilidade da companhia aérea. Para mim eles são sim co - responsáveis pelo que eu comprei. Eles falam que possuem um suporte local, porém a pessoa em questão tem cidadania européia e não passa pelas burocracias que temos que passar para conseguir o visto. Ele foi educado comigo, mas o máximo que posso falar é que o suporte oferecido na Irlanda é ínfimo.
Tive que pegar emprestado 500 euros para conseguir ir com os 3.000 na entrevista da imigração. Mesmo sabendo o que eu vinha passando, ninguém nunca entrou em contato comigo para acompanhar se estava tudo correndo bem com a minha viagem.
Certo dia, conversando com uma amiga que também foi pela Experimento ela comentou de que teria que alterar a passagem de retorno ao Brasil, por que, caso contrário perderia aulas. Minha passagem de retorno estava marcada para o dia 20 de março, mas como já tinha pago o aluguel do mês pensei em alterar somente para fazer uma viagem antes do meu retorno, mas o que ela me disse ficou na minha cabeça. Olhando alguns documentos descobri que na verdade minhas aulas iam até o dia 31 de março e a Experimento me vendeu uma passagem de retorno antes do fim das minhas aulas. Como estava sem crédito no celular informei o erro por e-mail e pedi para a agência intermediar a alteração da minha passagem afim de que eu conseguisse terminar as minhas aulas (afinal já estavam pagas) e desisti de viajar. Mesmo sabendo que o erro na compra da passagem foi deles (o mínimo que se espera é que a agência saiba a quantidade de semanas que o seu curso têm) eles me cobraram R$ 150,00 por intermediar e R$ 9,29 pela diferença de tarifa. Mesmo com o meu histórico em nenhum momento tentaram minimizar um pouco do meu descontentamento fosse com a isenção da taxa de serviço deles naquele último contato. Faço este relato numa última tentativa de que revejam todo o meu processo, pois não acho justo que o consumidor seja prejudicado desta maneira quando contrata uma assistência justamente para não passar pelas coisas que eu passei.

Compartilhe

Resposta da empresa

20/04/2017 às 17:08

Olá Lilian,
Agradecemos o seu contato e feedback de sua viagem, Entendo que as mudanças no decorrer do processo tenham lhe causado frustação já que sua expectativa era outra. Como são vários os pontos abordados, a gerente da nossa loja de Alphaville entrará em contato para melhor compreender os fatos e esclarecer os pontos já colocados.
Atenciosamente,
Equipe Experimento

Está com problemas com Experimento-Intercâmbio Cultural?

Reclamar