PublicidadeIcone publicidade
Reclamação não respondidaNão respondida

Honda é Honda, mas Toyota será eternamente Toyota !!!!!! Honda nunca mais !!!!!!!!!

Status da reclamação:
Reclamação não respondidaNão respondida

Esta reclamação possui mais de 3 anos e não está mais sendo contabilizada no índice da empresa

Ver todas Reclamações

Em 2015, após [Editado pelo Reclame Aqui] de um Corolla com apenas 5 meses de uso, optei, com grande dor no coração, em substituir um Corolla pelo então lançamento da Honda HR-V, modelo EXLCVT, ano 2015/2016, tendo sido feita a aquisição do veículo 0km, retirado da concessionária Dealer (Nações Unidas) em 30.Abr.2015.

Acreditava que, por ser uma montadora japonesa e, de certa maneira concorrente da Toyota, estaria fazendo uma boa aquisição, uma vez que, ao longo dos 12 anos em que fui cliente muito feliz e satisfeito Toyota, nunca havia passado por situação como esta vivida agora, sendo proprietário de um Honda, logo, a concorrência era forte...
Pois bem...Grande ilusão!

Sempre realizei as manutenções do veículo nos prazos estabelecidos e dentro da rede autorizada de concessionárias HONDA, optando então por utilizar-me da concessionária HPOINT (Pinheiros) durante todo este período.

Quem me conhece, sabe como zelo pelo veículo e como conduzo o veículo de maneira cuidadosa.

Na revisão de 50.000Km, realizada em 09.Fev.2017, portanto, e, praticamente um ano atrás, reclamei de um barulho ao dar partida no carro pela manhã, o qual aparentava algo estar raspando em alguma outra peça, cujo barulho era acentuado todas as vezes em que o sistema de ar condicionado era acionado. Foi diagnosticado na concessionária Honda HPOINT que seria necessário trocar o Tensor da Correia do Alternador, tendo sido então na ocasião, realizado o serviço em garantia.

Para minha surpresa, na atual revisão de 80.000Km, entregue à concessionária em 27.Fev.2018, realizei o mesmo apontamento de problema, tendo eu levado a Ordem de Serviço (126792) anterior, a qual mencionava a troca da peça (Tensor da Correia do Alternador), apresentando assim, um defeito vicioso na mesma.

Observei ainda em diversos endereços da internet, proprietários de veículos Honda (CIVIC/City/HRV) realizando as mesmas reclamações.
Então, o Consultor Técnico o qual me atendeu, apresentou-me um orçamento no valor de R$1.636,09 para substituição da peça, informando-me que a montadora não tinha concedido a execução do serviço em garantia, alegando que o veículo estava com a quilometragem alta.

Questionei-o onde constava no Manual a informação sobre a garantia condicionada à quilometragem do veículo, uma vez que o TERMO DE GARANTIA, contido na página 5 do referido manual, informa que: a garantia terá validade de 3 anos para uso https://******* limite de quilometragem...

O Consultor Técnico mostrou-se surpreso com meu questionamento, uma vez que o veículo atende às especificações para garantia de 3 anos.

Curiosamente, o veículo tem um pouco mais de 30 dias de garantia!
Eu disse, de maneira educada, equilibrada e cortês, que não aceitaria a realização do serviço de troca da peça e que o veículo ficaria na concessionária e que, além do mais, lamentavelmente, a HONDA não honrava o compromisso de garantia para com os seus clientes. Comentei também que diversos proprietários Honda diziam-se indignados e demonstravam insatisfação com a mesma postura da montadora.

Posteriormente, liguei para o SAC da Honda, questionando inicialmente sobre a vida útil e recomendação de troca da peça.

Fui informado que a mesma deveria ser trocada a cada 80.000Km ou 48 meses.

Minha indignação e preocupação foi maior ainda, considerando que a peça havia sido trocada (teoricamente) na revisão de 50.000Km (1 ano atrás), e voltava a apresentar o mesmo defeito após rodados 30.000Km (12 meses), ou seja, uma peça defeituosa com praticamente um terço de vida útil e, além do mais, uma peça feita para durar 80.000km ou 48 meses, ter uma vida útil bem menor do que os consultores alegam ter.

Ou será que sequer realizaram a troca, tendo sido feita somente alguma lubrificação ou ajuste?

Expus então meu caso ao Consultor Técnico do SAC, o qual coletou diversas informações e solicitou que eu aguardasse 48horas.

Internamente, comecei a colocar em dúvida que o serviço realizado na revisão de 50.000km havia sido, de fato, realizado.

Indaguei que, mais 48 horas úteis representaria um período de 7 dias sem o veículo e que não considerava justo o veículo, em garantia, com peça já teoricamente substituída, ter de aguardar este prazo, ainda mais considerando que o veículo já estava na concessionária.

Em contato com pessoa da Honda de uma outra concessionária e que trabalha na oficina da própria montadora, este me afirmou que não é normal essa peça danificar com tal quilometragem de uso e que, inclusive, esta peça é um item de inspeção e não de substituição, com tal vida útil.

Também obtive informação que esta peça costuma dar defeito antes do término da vida útil especificada e que, internamente, reconhecem tratar-se de um vício de fábrica, sendo que, o CIVIC também possui a mesma condição defeituosa, não tendo a HONDA conseguido solucionar o problema até então.

Acreditava que poderia ser um entusiasta da marca, mas infelizmente, desta forma, com certeza, me faz retornar à TOYOTA, ou até mesmo, me aventurar em uma outra marca, mas Honda: NUNCA MAIS !!!!!!
Embora Honda é Honda, TOYOTA será sempre TOYOTA !!!!!!!

Marcas mencionadas

Compartilhe
PublicidadeIcone publicidade

Reputação da empresa:

Ótimo
ÓTIMO
8.2/ 10
CompareVer página da empresa

Está com problemas com Honda Automóveis?

Reclamar
Melhores
Montadora de Veículos
Tire todas as suas dúvidas e confira o ranking das melhores empresas na página exclusiva do Reclame AQUI.
Acesse o ranking
PublicidadeIcone publicidade
PublicidadeIcone publicidade