Reclamação não resolvidaNão resolvido

Desrespeito ao Consumidor - Preço na vitrine diferente do preço cobrado no caixa

Pontal Calçados
Campinas - SP
17/10/2014 às 15:49
ID: 10429248
    Status da reclamação:
    Reclamação não resolvidaNão resolvido

    Esta reclamação possui mais de 3 anos e não está mais sendo contabilizada no índice da empresa

    Ver todas Reclamações

    Olá,

    Venho apresentar hoje a minha reclamação juntamente com uma enorme insatisfação e decepção no atendimento e na resolução de um problema ocorrido dentro de uma unidade da loja Pontal calçados.

    Dia 15 de outubro, comprei uma sandália na unidade do Shopping Parque das Bandeiras em Campinas. Provei a sandália fiquei na dúvida a cerca do tamanho, pois achei um pouco grande (calço 32, mas as vezes dependendo muito da marca e modelo um ou outro 33 adulto me serve, então sempre olho na esperança de encontrar essas raridades), mas provei um pé só, o esquerdo. Comprei o calçado. Como sempre faço com todos os produtos (vestuário e calçado) quando chego em casa olho novamente, para caso haja defeito ( porque no calor das “emoções” na hora da compra os defeitos nunca aparecem) eu não perca o prazo e possa realizar a troca. Então assim o fiz, calcei os dois pés, fui até o espelho e permaneci de pé alguns minutos e dei alguns passos, pois o simples calçar na loja também nunca mostra onde vai machucar. Foi ai que percebi, que a sandália estava pegando bem em cima do dedão do pé direito (o pé que não calcei na loja). Com certeza, em 15 minutos de uso eu não aguentaria ficar com o calçado. Medi, olhei, revirei, e constatei que a tira pregada no pé direito da sandália estava afixada um pouco mais à frente do que no pé esquerdo. Por isso a sandália só pegava no dedão do pé direito.

    Hoje dia 17 de outubro (passados 2 dias) fui novamente na mesma unidade da Loja Pontal, realizar a troca do produto. Cheguei à loja e solicitei a troca, que neste momento prontamente me foi concedida sem eu precisar dar explicações. A atendente apenas perguntou o que eu gostaria de fazer: olhar outra do mesmo número, ou numeração diferente, outra cor, ou trocar por qualquer outro produto da loja. Decidi trocar por outro produto da loja, já que como expliquei acima, meu pé é fora de padrão (tamanho infantil) sendo muito difícil encontrar algo que me sirva (no caso de sapatos e sandálias eu mando fazer) e tênis compro de marcas famosas que possuem também a linha infantil.

    Este é o primeiro ponto de reclamação, a loja possui pouca variedade em calçados comparado a outras lojas. Na área infantil da loja os tênis são todos de marcas apenas infantis, o que já aproveito e alerto as mães, os tênis são HORRÍVEIS, duros e causam dor no calcanhar e joelhos, eu sei o que algumas crianças sofrem, não vale a pena economizar em tênis. Preciso de tênis que aguentem grande carga de exercícios pois sou profissional de educação física. Mesmo assim o vendedor com boa vontade, trouxe de marcas conhecidas, vários modelos mas todos na numeração 34 e assim todos ficaram enormes. Procuro daqui, procuro dali, resolvi então levar um tênis para meu esposo. Também percebi que não há grandes variedades.

    Decidi por um tênis de marca conhecida e gosto do meu esposo. Tanto na vitrine quanto no “paredão” de exposição dentro da loja o calçado estava com etiqueta com o valor de R$ 269,99.

    Ai começou o problema, realizei a troca do produto com o tênis e pagaria a diferença. Ao chegar no caixa, o tênis estava sendo cobrado no valor de R$279,99. Achei estranho e fui até o calçado no paredão de exposição e verifiquei que estava R$269,99. Avisei à caixa e esta pediu que eu aguardasse e, foram a moça do pacote, um outro vendedor, e mais outro, e ai chamaram o gerente, pois ele precisava dar a autorização para a venda com valor menor, pois na exposição o tênis não havia sido remarcado, mas no sistema já estava com o preço superior.

    Esperei por mais de 20 minutos, até as moças do caixa e do pacote estavam se sentindo incomodadas e constrangidas com a demora na resolução do problema. Ai o gerente me chamou apenas disse que eu poderia passar no caixa. A moça do caixa, precisava de alguma liberação no sistema para realizar a venda com o preço exposto. O gerente só vira e diz: “aplica como desconto” e assim a moça o fez, porém não foi dado o desconto com a diferença de R$10,00 (de 279,99 para 269,99) me deram um desconto de R$6,79. Com base em que me deram um desconto desse valor????

    Como eu já estava cansada de esperar e vi que isso iria virar uma novela, como uma parte da valor era referente à troca eu não podia pedir o dinheiro da troca de volta (pois ai com certeza iriam inventar mil e uma desculpas para me dizer que o produto não tinha vício – defeito – ai eu teria que aguardar 30 dias para a resolução do problema) e sair de lá, como a loja não possui variedades de produtos, resolvi levar e não brigar mais por conta de R$3,21.

    Mas isso foi uma total falta de respeito ao consumidor, o gerente depois de muito tempo vira e manda aplicar como um desconto qualquer?

    Sendo que o código de defesa do consumidor prevê que o preço divulgado deve ser o preço cobrado, que o cliente em nada tem culpa no erro de remarcação de preço. Fui completamente desrespeitada.



    “ Art. 30. Toda informação ou publicidade, suficientemente precisa, veiculada por qualquer forma ou meio de comunicação com relação a produtos e serviços oferecidos ou apresentados, obriga o fornecedor que a fizer veicular ou dela se utilizar e integra o contrato que vier a ser celebrado.

    Art. 35. Se o fornecedor de produtos ou serviços recusar cumprimento à oferta, apresentação ou publicidade, o consumidor poderá, alternativamente e à sua livre escolha:

    I - exigir o cumprimento forçado da obrigação, nos termos da oferta, apresentação ou publicidade;

    Art. 37. É proibida toda publicidade enganosa ou abusiva.

    § 1° É enganosa qualquer modalidade de informação ou comunicação de caráter publicitário, inteira ou parcialmente falsa, ou, por qualquer outro modo, mesmo por omissão, capaz de induzir em erro o consumidor a respeito da natureza, características, qualidade, quantidade, propriedades, origem, PREÇO e quaisquer outros dados sobre produtos e serviços.”



    Ainda avisei a moça do caixa, “ é isso mesmo? Vocês estão me oferecendo 7 reais de desconto e não o valor correto divulgado na vitrine? “

    É dessa forma que a Loja Pontal trata o cliente?

    Tenham certeza de que se fosse a primeira compra, não fosse uma troca, eu teria desistido naquele momento e teria ido embora.

    Acredito que é mais fácil tentar cansar ou enganar o consumidor do que praticar o correto, e ainda sei que esta reclamação será apenas lida e uma desculpa qualquer me será dada e que eu não terei a restituição dos R$3,21, pois para eu pagar 3,21 a mais tudo bem, mas a mesquinharia das lojas e comércios não permitem que façam o certo.

    Mas de uma coisa eu tenho certeza, perdi R$3,21, mas nunca mais comprarei nada nesta rede de lojas. E faço pública esta minha reclamação, para que todos os clientes saibam e fiquem atentos aos preços praticados dentro da loja.



    Referência:

    LEGISLAÇÃO BRASILEIRA DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR - Lei n° 8.078, de 11 de setembro de 1990

    Disponível em: http://www2.camara.leg.br/responsabilidade-social/acessibilidade/legislacao-pdf/codigo-de-defesa-do-consumidor Acesso em : 17 out. de 2014

    Compartilhe

    Consideração final do consumidor

    31/07/2016 às 17:46

    Péssimo!

    O problema foi resolvido?
    Reclamação não resolvidaNão resolvido
    Voltaria a fazer negócio?
    Não
    Nota do atendimento
    0
    Ruim
    Ruim
    5.5/ 10

    Está com problemas com Pontal Calçados?

    Reclamar