Reclamação resolvidaResolvido

REEMBOLSO PASSAGENS AUSTRALIA

S7 Study
São Paulo - SP
03/02/2021 às 18:36
ID: 119139115
    Status da reclamação:
    Reclamação resolvidaResolvido

    Comprei 2 passagens da QANTAS AIRLINES , São Paulo/Sydney no valor de R$4793,00 cada uma em 27 de Setembro de 2019 para serem usadas em 25 de Março de 2020, e com a entrada das restrições devido a Pandemia, fizemos o cancelamento destas passagens e pedimos o Reembolso a S7 STUDY, que foi a agência de viagens a qual fizemos a compras destas passagens...Tudo foi tratado através da Coordenadora de Departamento Aéreo da agência Francy Dohms. Foram várias cobranças de Status da situação do Reembolso que finalmente resultou em uma declaração da REDECARD que o reembolso seria efetuado em 18 de Junho de 2020.
    Desde lá tanto a aência S7 STUDY como a QANTAS alegam que o Reembolso foi pago integralmente mas a VISA/PERSONALITÉ, bandeira do meu cartão de pagamento, nunca acusou este crédito até o dia de hoje! Estou sem saber mais o que fazer para receber essa quantia cosiderável que esta retida em algum lugar!

    Compartilhe

    Resposta da empresa

    04/02/2021 às 18:32

    Boa tarde Sr. Carlos! Conforme relatado, também pelo senhor, a S7 está empenhada na prestação do serviço da emissão dos bilhetes desde o dia 25/09/2019, através da nossa unidade da Frei Caneca em SP. Em decorrência da pandemia no dia 18/03/2020 recebemos o seu contato através do nosso depto de passagem aérea , solicitando o reembolso de 2 passagens aéreas da cia aérea Qantas,
    No mesmo dia 18/3 iniciamos o processo de reembolso junto a cia aérea e em decorrência da situação de pandemia a cia aérea autorizou quem entrássemos como reembolso integral, devido a situação.
    Durante todo o processo o senhor se mostrou ciente da MP 925/20 onde as cias aéreas teriam até 12 meses, da data do pedido do reembolso, para efetuar a devolução de valores a serem reembolsados.
    Apesar deste prazo máximo, a S7 Intercâmbio foi sempre incansável no atendimento e processo junto cia aérea para que isso acontecesse o quanto antes.
    Dia 19/06/2020 a S7 entrou em contato com o senhor informando que o seu processo de reembolso foi aprovado pela Qantas e autorizado o pagamento via fatura no cartão de crédito original da compra.
    Em 28/08/2020 o Sr. Carlos contatou a S7 Intercâmbio, avisando que o crédito ainda não havia aparecido na sua fatura do cartão de crédito.

    A S7 respondeu que iria verificar junto a Qantas se seria um atraso de pagamento do cartão ou se é da própria Cia que ainda não repassou ao cartão.

    Na mesma data, entramos em contato com a Cia Qantas para investigar o que ocorreu; a Cia não retornou ; acreditamos que coincidiu com o fechamento do escritório da Qantas no Brasil e a demissão de vários funcionários.
    Em 16/11/2020 a S7 Intercâmbio solicitou a Qantas o envio da carta de cancelamento da compra da CIELO, para que comprovasse que houve o pagamento dos devidos reembolsos à administradora do cartão. Na posse desta carta de cancelamento, o cliente, o senhor no caso, como titular do cartão, poderia comprovar que houve o pagamento da aia aérea a CIELO e que a mesma não fez o repasse de valores em fatura do seu cartão de crédito.

    Nessa mesma data a Qantas finalmente se pronunciou, pedindo que a S7 preenchesse um formulário de solicitação da carta de cancelamento; esse pedido foi feito e enviado a Qantas no dia 17/11/2020.

    Não houve resposta da Qantas até esse momento e quando enviamos email pedindo retorno no dia 23/11/2020 e depois no dia 30/11/2020; finalmente a atendente Marisol nos respondeu que a carta já estava feita e aprovada pela CIELO, estavam no aguardo do documento para nos enviar.

    Nos dias 03/12; 07/12 e 16/12/2020 a S7 Intercâmbio solicitou um retorno da Qantas sem sucesso.

    Dia 16/12/2020 a Qantas respondeu que a CIELO havia rejeitado o pedido e não enviado a carta de cancelamento a Qantas; a cia aérea iria verificar o que ocorreu.

    Após essa data a Qantas não se pronunciou mais a respeito, apesar das solicitações de retorno da S7.

    Como pode ser visto através do nosso relato, apesar da cia aérea ainda estar dentro do prazo da lei para reeembolso - MP das cia aéreas - a S7 continua empenhada para resolver o reembolso o mais breve possível, tomando todas as providencias que estão na nossa alçada como agência de viagens emissora do bilhete. Entendemos o seu descontentamento e essa reclamação pública e seguiremos com a mesma postura profissional desde o primeiro atendimento buscando a resolução desse processo. Atenciosamente, Francy Dohms - Coordenadora do Depto aéreo da S7 Intercâmbio.

    Consideração final do consumidor

    08/04/2021 às 17:59

    Excelente!!

    O problema foi resolvido?
    Reclamação resolvidaResolvido
    Voltaria a fazer negócio?
    Sim
    Nota do atendimento
    9
    Sem índice
    Sem índice
    --/ 10

    Está com problemas com S7 Study?

    Reclamar