Reclamação não respondidaNão respondida

Notebook com 6 ordens de serviço. Não funciona

Status da reclamação:
Reclamação não respondidaNão respondida

1. O RECLAMENTE, no dia 4 de março de 2021, efetuou a compra de um NOTEBOOK E30 CI3 4GB 1TB 15,6 W, de série 09P49QBR10728SK, no estabelecimento Cia Brasileira de Distribuição (Supermercado EXTRA), registrado no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) do Ministério da Fazenda (MF) de n. 47.508.411/1405-94, com endereço comercial à Av. Mister Hull, 4300 Bairro Presidente Kennedy, Código de Endereçamento Postal (CEP) de n. 60.356-000, telefone de n. (85) 3207-1822, por meio da Nota Fiscal de n. 216259 (doc.01), tendo pago o valor de R$ 2.914,99 (dois mil novecentos e quatorze reais e noventa e nove centavos), acrescido do valor de R$ 412,00 (quatrocentos e doze reais) referente à contratação de cobertura de Garantia Estendida Original (doc.02).
2. No dia seguinte à aquisição (na data de 5 de março de 2020) notou que o equipamento adquirido apresentava considerável tempo para iniciar e, quando iniciava, travava os programas básicos requeridos (documentos de texto, na essência) e de imagem, uma vez que o mesmo fora adquirido para a realização de videoconferência, utilizado por sua filha no exercício da profissão de professora, instrumento esse muito requeridos nos primeiros tempos da pandemia de COVID-19, e o levou a uma LOJA SAMSUNG localizada no Shopping Rio Mar Kennedy para que fosse verificada a ocorrência de algum defeito técnico. Lá um agente da SAMSUNG afirmou que havia um protocolo interno da empresa que, de fato, travava o equipamento; mas, que realizaria a sua liberação.
3. Sua filha, que utilizava o equipamento, ficou acometida de Covid-19 e não pode mais lecionar, ficando o equipamento, praticamente, por mais de 2 meses sem utilização.
4. Posteriormente, quando de sua precisão, verificou-se que o equipamento adquirido continuava a demorar a iniciar e, quando iniciava, tratava os programas básicos utilizados, conforme debatido alhures, o problema continuava e, em vista da demanda da assistência técnica da empresa SAMSUNG, localizada à Rua Rui Barbosa, 2727, loja 2, fizemos o agendamento para entrega do equipamento para CONSERTO em 06/08/2021 Ordem de Serviço (OS) de n. 4159463912 (doc.03).
5. Ao dirigir-se à assistência técnica, na data de 05/10/2021, para o recebimento do equipamento, uma vez que recebeu mensagens via whatsapp para a entrega, com a esperança de que o mesmo estivesse consertado, avaliou, juntamente com a atendente da loja, que o produto CONTINUAVA com o mesmo problema. O Técnico foi chamado e afirmou, categoricamente, que esse processador é lento mesmo; e indagado o porquê o CONSUMIDOR iria querer adquirir um equipamento de quase R$ 3 mil reais e lento, o mesmo afirmou que o vendedor quer é vender.
6. Uma das supervisoras foi chamada e a SOLUÇÃO foi manter o equipamento para averiguação e posterior entrega, mas CONSERTADO, e que gerou a OS de n. 4160080239, de 05/10/2021.
7. O Peticionante foi novamente chamado a retirar o equipamento, mas, quando do recebimento, indagou à atendente se o problema havia sido CORRIGIDO. A resposta dada ao Peticionante foi nós temos um controle de qualidade, mas o adquirente nem chegou a tocar no equipamento, pois a mesma verificou que o PROBLEMA PERSISTIA. Novamente chamada a supervisora deixou a OS em aberto e informou que o problema seria encaminhado para a FÁBRICA e que a mesma, em 48 horas entraria em contato e que, possivelmente, o Peticionante receberia outro produto (palavras da supervisora).
8. O Peticionante retornou à loja, após mais de 20 dias e verificou que o PROBLEMA PERSISTIA. A supervisora informou que a Fábrica havia ligado, mas o peticionante não havia atendido, mas que não entregaria outro produto, mas o que estava em conserto finalizado em 15/10/2021 (doc. 04)
9. Cansado de não poder utilizar um equipamento de custo vultoso para o Peticionante, ingressou, na data de 24/11/2021, com um processo administrativo junto ao Programa de Orientação, Proteção e Defesa do Consumidor PROCON, na Assembléia Legislativa do Estado do Ceará (AL-CE), onde os fatos retro mencionados foram expostos, acrescidos da insistência da SAMSUNG em que o equipamento fosse retirado e a certeza do Peticionante que o produto apresentava VÍCIO REDIBITÓRIO, não tinha conserto e requerendo a devolução dos valores pagos (equipamento + seguro), marcando-se audiência de conciliação para a data de 03/01/2022 (doc. 05).
10. Na data aprazada o Peticionante compareceu a audiência de conciliação, mas os representantes da SAMSUNG apenas informaram que não haveria conciliação e que o produto fora reparado e estava à disposição do peticionante (doc. 06).
11. Tão logo finalizada a audiência (na data de 03/01/2022) o Peticionante dirigiu-se, novamente, à assistência técnica da SAMSUNG. A OS 4160080239 (doc. 04) havia sido finalizada em 10/15/2021, mas o Peticionante sequer chegou a abrir o equipamento. A atendente tentou inicializar (demorou bastante), tentou acessar a internet (demorou bastante) e quando acessou, tentou rodar um vídeo (demorou bastante: verificou que o PROBLEMA PERSISTIA, abrindo-se a OS de n. 4161046453, na data de 03/01/2022 (doc. 07). Em 07/01/2022 recebeu em sua casa um motoboy com o tal notebook supostamente consertado, mas com "novamente" REINSTALAÇÃO DO SISTEMA OPERACIONAL.. Mas recusou-se a receber o produto.

Compartilhe
Não recomendada
Não recomendada
--/ 10

Está com problemas com Samsung - Celular e Computador?

Reclamar