PublicidadeIcone publicidade
Reclamação em réplicaEm réplica

Controle com defeito pela terceira vez.

Status da reclamação:
Reclamação em réplicaEm réplica

Prezados. Boa tarde.
Efetuei a compra do controle dual sense em 20/03/2021.
O mesmo apresentou defeito na data de 01/05/2021 e foi para a central de reparos na data de 03/05/2021 reportando o defeito de: "gatilho R2 com falha na mola". Protocolo: *******. O defeito foi sanado.

Na data de 23/09/2021 esse mesmo controle foi para o centro de reparos novamente reportando o mesmo defeito: "gatilho R2 com falha na mola". Protocolo: *******.
O defeito foi sanado.
A fim de permitir a apreciação dos fatos a cima, possuo a ficha de reparo e nota fiscal de retorno do conserto expondo que foi efetuado o reparo por duas vezes.

Averígua-se que na data 28/11/23 o mesmo controle constata defeito diverso, sendo: "analógico direito com drift".

Saliento estar me posicionando em tempo hábil ou seja, 90 dias de prazo decadencial que se inicia no momento em que fica evidenciado o defeito (no caso em 28/11/2023). De acordo com 3 do Artigo 26 CDC. Sendo que o código de defesa do consumidor lei: 8078/90 assegura proteção contra VÍCIO OCULTO sendo este, defeitos não aparentes e de difícil constatação. São vícios que se manifestam posteriormente, após um período de utilização (nesse caso, o terceiro vício) em produtos, mesmo após o término da garantia, comprovado nos protocolos acima que o produto já vinha apresentando defeitos desde próximo a compra. Destaco que o primeiro vício surgiu com apenas um mês e dez dias após a compra do produto.
Pelos fatos e fundamentos jurídicos aduzidos peço o embasamento do artigo 18 do código de defesa do consumidor em seu inciso "I- a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso".

Diante da ausência de solução para a questão apresentada e a necessidade de preservar meus direitos como consumidor, informo que se não houver uma resolução adequada dentro do prazo estipulado (30 dias), serei compelida a buscar as medidas cabíveis no âmbito judicial para garantir o cumprimento dos meus direitos conforme estabelecido pelo código de defesa do consumidor.

Horário para ligação de 13 às 19 h
Certa de vossa atenção, espero retorno

At. te
*******

Compartilhe

Resposta da empresa

06/12/2023 às 11:53

Olá, Juliana.

Agradeço por entrar em contato com o suporte PlayStation por aqui. Eu sou o Raphael e estou responsável pelo atendimento do seu caso.

Após avaliarmos sua situação, verificamos que não é possível acionar a garantia do seu produto desde o dia 20/03/2022, pois foi adquirido na data 20/03/2021..

Salientamos que nossa garantia é de 1 ano (3 meses de garantia legal + 9 meses de garantia contratual).

Caso necessite de suporte futuramente, entre em contato conosco através dos nossos canais de atendimento, permanecemos à disposição.


Atenciosamente, 

Raphael - Equipe de Relacionamento PlayStation 
Sony Interactive Entertainment Brasil 


São Paulo (Capital e Regiões Metropolitanas): (11) 3351-7090 

Demais localidades: 0800 724 8310 

- Atendimento: 2ª a 6ª, das 10h às 20h (horário de Brasília)  
 

Chat: https://suporte.playstation.com/LiveChatRequest?lang=pt_BR 
- Atendimento: 2ª a domingo, das 12h às 22h (horário de Brasília)

Réplica do consumidor

06/12/2023 às 19:16

Prezados,
Boa tarde,
Não entendi a resposta da Sony pois em nenhum momento eu mencionei que o controle dual sense estava dentro da garantia. Me manifestei sobre o vício oculto desse produto que provei apresentar defeitos em datas diversas.

Estou me amparando no,
artigo 26 CDC 3. Sendo que o código de defesa do consumidor lei: 8078/90 assegura proteção contra
VÍCIO OCULTO sendo este, defeitos não aparentes e de difícil constatação. São vícios que se manifestam POSTERIORMENTE, após um período de utilização (nesse caso, o terceiro vício) em produtos, mesmo após o término da garantia, comprovado nos protocolos acima que o produto já vinha apresentando defeitos desde próximo a compra. Destaco que o primeiro vício surgiu com apenas um mês e dez dias após a compra do produto.

Neste sentido o entendimento do STJ em recurso especial 802.832.
a inversão do ônus da prova pode decorrer da lei (ope legis) como na responsabilidade pelo fato do produto ou do serviço (artigos 12 e 14 CDC), ou por determinação judicial (ope judicis), versando acerca da responsabilidade por VÍCIO DO PRODUTO (artigo 18 do CDC).

Saliento estar me posicionando em tempo hábil ou seja, 90 dias contados a partir de hoje 06/12/2023 (data da negação da empresa)

Consideração final

06/06/2024 às 11:53

A reclamação foi encerrada sem avaliação, pois o consumidor não retornou para avaliar o atendimento da empresa.

PublicidadeIcone publicidade

Está com problemas com PlayStation Brasil Oficial?

Reclamar
PublicidadeIcone publicidade
PublicidadeIcone publicidade