PublicidadeIcone publicidade
Reclamação em réplicaEm réplica

Venda contestada

SumUp
Contagem - MG
24/06/2024 às 16:07
ID: 191476307
Status da reclamação:
Reclamação em réplicaEm réplica

Realizei uma venda on-line através de link, onde o proprietário do cartão não reconheceu a compra.
Fui notificada pela SumUp, e enviei todas as conversas da pessoa que realizou a compra, assim também como nome e endereço. Enviei também a foto fornecida pelos Correios, onde a mesma pessoa que fez a compra foi quem recebeu.
Enviei todos as provas possíveis, toda a tratativa feita on-line, comprovante que a mercadoria foi entregue. A SumUp respondeu que o cartão ultilizado no ato da compra não pertence a pessoa quem comprou. Eu como lojista não tenho como saber e nem tenho o direito de questionar a nenhum cliente sobre o cartão que ela está usando, se é dela, se é de terceiro, e muito menos tenho acesso a nenhuma informação do cartão do cliente.
A SumUp como prestadora de serviços quer mer cobrar um boleto de R$ 1.030,00, alegando que terei que devolver o valor a ela!
Um absurdo!
Além de enviar todas as peças compradas pela pessoa que fez compra, ainda terei que pagar ?

A SumUp assim como toda administradora de cartão, é quem possui responsabilidade sobre as transações junto aos bancos.
Eu como cliente da empresa, que utilizo os serviços estou sendo [Editado pelo Reclame Aqui] por algo injustamente.
Uma vez que eu vendi as peças e entreguei ao comprador!

A segurança dos dados dos cartões é de responsabilidade do TITULAR, e a segurança por transações on-line são da operadora de cartão.

Segue o que manda o STF:
A empresa operadora de cartões é a responsável pela captura, transmissão e liquidação financeira de transações com cartões de crédito e débito e tem por função gerenciar, pagar e dar manutenção às empresas afiliadas das bandeiras. E cobra por esse serviço."Ao conceder ao lojista a autorização para efetuar a venda, a operadora de cartões assume o risco inerente à sua atividade empresarial, que é justamente a de prestar serviços voltados a soluções transacionais por meio de rede, oferecidos aos estabelecimentos comerciais para que possam desenvolver e expandir seus negócios com rapidez, facilidade e segurança." (TJ)
"Dessa forma, não pode se esquivar a operadora de cartões de sua responsabilidade perante o estabelecimento co-mercial, que aceita o pagamento por meio de cartão de crédito, exatamente porque houve autorização no momento da venda."
"Ainda que se reconhecesse que tanto autora como réu tenham sido vítimas da suposta [Editado pelo Reclame Aqui] praticada por tercei-ros, o fato é que cabe à operadora de cartões conferir segurança as transações realizadas por meio do produto que oferece, considerando ser ela a detentora das informações hábeis a apurar eventual [Editado pelo Reclame Aqui]." (TJ)
"É vedado à operadora de cartões, empresa responsável pela captura, transmissão e liquidação financeira de transações com cartões de crédito, reter o valor que corresponde à venda, sob a justificativa de que os verdadeiros titulares dos cartões não reconheceram a compra ao autorizar o lojista a efetuar a venda pelo cartão de crédito, a operadora assumiu o risco inerente à sua atividade empresarial.

Compartilhe

Resposta da empresa

26/06/2024 às 14:50

Olá, Joyce! Esperamos que esteja bem.

Entendemos que esta é uma situação delicada, por isso, é muito importante ter uma comprovação das suas vendas.

O cancelamento de uma transação é realizado pelo próprio titular do cartão, sendo um direito do titular garantido pelas diretrizes das Bandeiras. O processo de chargeback/contestação de Transação consiste na anulação da Transação, pelo Titular do Cartão, por não reconhecer a Transação presente em sua fatura, por não ter recebido o produto/serviço dentre outras razões permitidas pelas emissoras de cartões, como quando é comprovada uma irregularidade na transação.

Dessa forma, precisamos garantir que todas as transações em nossa plataforma estejam em conformidade com nossas políticas e com as diretrizes das bandeiras dos cartões.

Uma vez que não seja possível realizar a reversão do cancelamento perante a instituição financeira, será necessário que os valores já pagos a você sejam devolvidos a SumUp, assim como descrito em nossos termos e condições e regulamentado pelos órgãos fiscais. Dessa forma, entendemos que a contestação caracteriza irregularidade passível do encerramento do cadastro, como uma medida tomada pelo não seguimento das políticas de utilização de nossos serviços e diretrizes dos órgãos fiscais.

Queremos alertá-la que, as vendas online, pelas normas dos cartões de crédito, podem ser contestadas em até 6 meses depois de feitas. Isso não é uma decisão da SumUp, e sim um direito do usuário do cartão perante as bandeiras.

O estabelecimento é responsável por formalizar e garantir as seguranças das transações. Quando existe um cancelamento por desacordo comercial ou venda feita com cartão de terceiros, é dever do estabelecimento comprovar a realização das mesmas e arcar com os débitos ocorridos.

Em caso de dúvidas estamos sempre à disposição pelos canais abaixo:
(11) 3080-7797 WhatsApp
Autoatendimento: https://help.sumup.com
Facebook: https://www.facebook.com/sumup.br/

Abraços, Nicoli
Equipe SumUp no Reclame Aqui

Réplica do consumidor

28/06/2024 às 15:49

Isso não é responsabilidade da loja, uma vez que eu fiz a venda e entreguei o produto.

A responsabilidade é do dono cartão guardar as informações em segurança. Se alguém usou o cartão dele, ou até ele mesmo, pois a compra foi contestada no mesmo instante que os correios entregou ao comprador, não seria no mínimo suspeito?

O entendimento legislativo diz que é vedado à operadora de cartões, empresa responsável pela captura, transmissão e liquidação financeira de transações com cartões de crédito, reter o valor que corresponde à venda, sob a justificativa de que os verdadeiros titulares dos cartões não reconheceram a compra ao autorizar o lojista a efetuar a venda pelo cartão de crédito, a operadora assumiu o risco inerente à sua atividade empresarial.

Já fiz B.O , já agendei no PROCON, e já abri solicitação no BACEN. Espero que possamos resolver em algum desses órgãos, caso contrário irei para esfera jurídica, pois se tem uma coisa que não abro mão, é do meu Direito!
Fiz todo o trabalho de venda e entrega, e vocês tem ja possuem o comprovante de entrega.
Agora todo cliente que comprar, receber, falar que não reconhece compra, mesmo com o comprovante de entrega, vocês reterem valores dos lojistas fica cômodo demais para vocês!

Não irei admitir esse prejuízo, na esfera jurídica irei requerer todos gastos que estou tendo, assim como gastos em ir a delegacia, procon e o tempo que estou perdendo por isso!

PublicidadeIcone publicidade

Reputação da empresa:

RA1000
RA1000
8.5/ 10
Ver página da empresa

Está com problemas com SumUp?

Reclamar
Melhores
Meios de pagamento eletrônico
Tire todas as suas dúvidas e confira o ranking das melhores empresas na página exclusiva do Reclame AQUI.
Acesse o ranking
PublicidadeIcone publicidade
PublicidadeIcone publicidade