Reclamação em réplicaEm réplica

Problemas RECORRENTES com Amarok - Bomba de combustivel e todo o sistema. Um problema que aparece durante a garantia, mas que segue por toda a vida!!

Volkswagen
Salvador - BA
04/02/2020 às 00:29
ID: 100106881
Status da reclamação:
Reclamação em réplicaEm réplica

Essa reclamação foi publicada há mais de 1 ano

Ver todas Reclamações

Assim como muitos outros relatos semelhantes, venho Alertar a todos os consumidores que estão pensando em comprar um Veículo de qualidade. Tomem muito cuidado e pesquisem bem se resolverem comprar a Caminhonete AMAROK .

Verifica-se que, RECORRENTEMENTE, a bomba de alta pressão do sistema de injeção do veículo apresenta problemas, que causam um desgaste excessivo na mesma, a ponto de produzir limarias de metal que entopem e danificam diversas peças do sistema de injeção; INCLUSIVE os bicos injetores!

Esta é a Terceira vez, 20/01/2020, que o problema ocorre em meu veículo. Pasmen, num prazo de 16 meses, por 3 vezes fiquei parado na estrada ( com bebê recém nascido/ O seguro pode confirmar com as informações de solicitação de guincho).
Atualmente o veículo encontra-se parado no pátio da SANAVE PARALEL- SALVADOR, com um orçamento que deve chegar a mais de R$ 20.000,00, com a mesma solicitação de troca de peças e serviços já realizados anteriormente.
Ocorre que, como já relatado por outros reclamantes, curiosamente, este problema só é verificado na AMAROK (inclusive a V6)!!!! No pátio das concessionária SANAVE SALVADOR e Bremem, em Feria de Santana-Ba, existem vários veículos na mesma situação.

Ao questionar à concessionária sobre o problema, na 1 vez, ( AGOSTO DE 2018) fui informado que "o problema é do combustível comercializado no brasil". (sic). O veículo ficou em reparo na Concessionaria SANAVE BONOCÔ, por exatos 20 dias ( 04/08/2018 a 24/08/2018);
A 2 vez ocorreu em 14/10/2018, menos de 2 meses após o reparo inicial.

Ocorre que, curiosamente, este problema só é verificado na AMAROK (inclusive a V6)!!!! No pátio da concessionária Bremem, em Feria de Santana-Ba, existem vários veículos na mesma situação. O mesmo é encontrado nas outras oficinas autorizadas da cidade, como é o caso da Bosch.

Não há duvidas que o problema é da Marca e Modelo de veiculo, uma grave falha nos componentes do sistema de injeção da amarok. A montadora Volkswagen negligencia sua responsabilidade sobre esta falha, fazendo com que os consumidores amarguem vultosos prejuízos!!! Não falo somente na manutenção e compra de peças, mas também por deixar-nos sem veículo e, muitas vezes, em situações de perigo.

No meu caso, o primeiro conserto foi feito em garantia, ou seja, uma Falha que nunca foi resolvida. A minha garantia, efetivamente, após os 2 serviços realizados, contando com o que garante o código do consumidor, terminou em meados de janeiro de 2019. Todo o sistema de injeção foi trocado. Contudo, neste momento, recebo orçamento me solicitando a troca de TDOO O SISTEMA DE INJEÇA NOVAMENTE, um orçamento de cerca de 20 mil reais.

Em pesquisa aqui mesmo no site, não foi difícil encontrar VÁRIAS reclamações IDÊNTICAS,

Volksvagem, os consumidores exigem respeito!!!
https://www.reclameaqui.com.br/volkswagen/problemas-recorrentes-na-amarok-na-bomba-do-sistema-de-injecao_3kxJ7ZDIWOZs7tlR/

Sou proprietário de uma Amarok 2.0 highline, e venho comunicar à todos o problema vivenciado em veículos deste modelo.

Verifica-se que, RECORRENTEMENTE, a bomba de alta pressão do sistema de injeção do veículo apresenta problemas, que causam um desgaste excessivo na mesma, a ponto de produzir limárias de metal que entopem e danificam diversas peças do sistema de injeção; INCLUSIVE os bicos injetores!

Esta é a segunda vez que o problema ocorre em meu veículo num prazo de um ano!

Ao questionar à concessionária sobre o problema, sempre sou informado que "o problema é do combustível comercializado no brasil". (sic)

Ocorre que, curiosamente, este problema só é verificado na AMAROK (inclusive a V6)!!!! No pátio da concessionária Bremem, em Feria de Santana-Ba, existem vários veículos na mesma situação. O mesmo é encontrado nas outras oficinas autorizadas da cidade, como é o caso da Bosch.

O que nos leva a concluir que o problema realmente é dos componentes do sistema de injeção da amarok. Contudo a montadora nada faz para resolver o problema e termina fazendo com que os consumidores amarguem vultosos prejuízos!!!

No meu caso, o primeiro conserto foi feito em garantia. contudo, a garantia do meu veículo terminou em fevereiro de 2019 e agora (inicio de setembro) a concessionaria me apresenta um orçamento de cerca de 17 mil reais.

Em pesquisa aqui mesmo no site, não foi difícil encontrar uma reclamação IDÊNTICA, vinda de um consumidor da mesma cidade (veja em: https://www.reclameaqui.com.br/volkswagen/problemas-amarok-bomba-de-combustivel-e-todo-o-sistema_HpG7Jl9c1Sxr1R5v/)

Volksvagem, os consumidores exigem respeito!!!




https://www.reclameaqui.com.br/volkswagen/problemas-amarok-bomba-de-combustivel-e-todo-o-sistema_HpG7Jl9c1Sxr1R5v/

Problemas Amarok - Bomba de combustivel e todo o sistema

Gostaria de levar ao conhecimento de todos, que nos últimos 6 meses, inúmeros veículos de mesma marca (Amarok), estando incluso também a Amarok V6, passaram a apresentar problemas na bomba de alta pressão. Ao buscar o auxílio da VW, recebemos sempre a resposta fugaz de que o problema é do combustível comercializado no Brasil, muito embora os demais carros não enfrentem determinados problemas. Ato contínuo, sem adotar qualquer providencia para resolver a situação, a VW onerando excessivamente o Consumidor, indicou a utilização de um produto como paliativo ao recorrente problema,"Almax", produto esse que supostamente evitaria a ocorrência de problemas com o sistema de combustível, quando então passou a comercializar tal aditivo indistintamente, como solução dos problemas que se apresentara naquela ocasião.

Vejam, há um problema recorrente nos veículos da VW, problema esse que atinge inúmeros veículos, contudo, ao invés de resolver a situação, repita-se, onerando sobremaneira o Consumidor, a VW recomenda que o consumidor adquira aditivos para incluir no combustível, comercializando o mesmo por considerado valor, e o que pior, de nada adiantou, tendo em vista que o meu veículo acabou por apresentar o problema, mesmo estando em uso do referido Almax, o que me levou a conclusão de que MAIS UMA VEZ ESTAMOS SENDO ENGANADOS, vez que em sendo evidente o problema para com a linha Amarok, a VW prefere seguir afirmando não existir o problema.

O fato é que meu veículo acabou a garantia agora em dezembro, quando então seguir efetuando todas as manutenções na rede concessionária da VW, inclusive tendo o problema ocorrido no mesmo dia em que meu veículo saiu da revisão, tida como completa e efetuada pela VW, contudo, fui informando a pouco que ainda assim eu mesmo quem terei de custear o reparo da referida bomba que se apresenta com recorrentes defeitos em toda a linha.

Por fim, gostaria de sinalizar e expor a quem interessar possa, que não é de hoje que a VW procede com extremo desrespeito para com os seus clientes, que nem mesmo ao registrar a reclamação junto ao SAC 01600255, o cliente é tratado adequadamente...

Por isso, alerto a todos os interessados em adquirir o aludido veículo, REPENSEM a sua escolha, vez que estamos diante de um bom carro, contudo com um "ridículo" pós-venda... E o que é pior, trata-se de um veículo com prazo de validade, tendo em vista já é comercializado com a ressalva de que terá problemas na válvula EGR, problemas com o filtro de partícula DPF e agora problema com todo o sistema de combustível...

Repensem, repensem e se possível, mude as vossas decisões... Não vale a pena...
https://www.reclameaqui.com.br/volkswagen/amarok-com-54-000-km-problema-na-bomba-de-alta-pressao_wDJDjcpgXq5DCC9T/
Amarok com 54.000 km problema na bomba de alta pressão
Boa tarde!
Sou um apaixonado pela vw e pela Amarok, porém essa semana a minha 2014 com 54.000 km rodados me deixou na estrada com minha esposa e filho de um ano. Acionei guincho e carro reserva para nos levar para casa.
Toda revisada na concessionária até os 40.000 km, enquanto estava na garantia. A minha quebrou a bomba de alta e consequentemente é condenado todo o sistema de injeção, incluído os bicos, quem custam 1.400 reais cada. Enfim, todo o orçamento ficou em torno de R$ 14.000,00 na concessionária. Sempre colocam a culpa na qualidade do diesel s-10, mas, por que não uma bomba de alta mais resistente, já que esse eh um problema comum na Amarok. Tinham três Amarok paradas na oficina da concessionária com esse mesmo problema.
Muito descontente com o valor do orçamento de um carro com 54.000 km, considerado semi novo.

https://www.reclameaqui.com.br/volkswagen/amarok-com-defeito-de-bomba-de-alta-pressao-de-combustivel_13071819/
AMAROK 2.0 BITURBO ANO 2011 DEFEITO BOMBA DE ALTA PRESSÃO DO COMBUSTIVEL
Do vício redibitório:

Para melhor entendermos sobre o vício em questão, se faz necessária a seguinte explicação:
Para que o motor diesel possa funcionar é dada a partida elétrica do motor, acionando, concomitantemente, a bomba de baixa pressão responsável pela condução do combustível para a bomba de alta pressão (imagem n1), bem como a correia dentada que, por sua vez, por meio do eixo de comando, dá movimentação à bomba de alta pressão. No interior desta bomba de alta pressão, há o porta-rolete e o rolete (imagem n2) que são acionados conjuntamente pelo eixo de comando da bomba (imagem n2) e são responsáveis diretos pelo acionamento da pressurização, realizando movimentos circulares, de direção única, conforme a rotação do motor, e dando início ao ciclo de funcionamento de todos os demais compartimentos do motor (imagem n3).
Que todo esse procedimento ocorra naturalmente é necessário que a bomba de baixa pressão, responsável pelo jorramento de combustível para a bomba de alta pressão, o faça de modo suficiente, ou seja, com a quantidade adequada para que a bomba de alta pressão consiga pressurizar e dar início ao ciclo do motor. Na falta de quantidade suficiente de combustível na bomba de alta pressão, os motores, em geral, por possuírem um pino guia (imagens n4 e 05) no porta-rolete, simplesmente param de funcionar sem causar qualquer dano ao motor, já que não permitem o deslocamento do rolete de sua posição inicial. (segue em anexo fotografias das peças para melhor compreensão do explanado)

Ocorre que, por um grotesco erro de engenharia, nos veículos de modelo AMAROK, referidos porta roletes NÃO possuem o pino guia (imagem n06), o que faz com que, na falta de combustível suficiente na bomba de alta pressão, os roletes mudem de posição de modo a descaracterizar todo o funcioname

Compartilhe

Resposta da empresa

12/02/2020 às 15:17

Olá JOAO ZALLIO COELHO,

Conforme nosso contato, estamos cuidando de sua solicitação através do protocolo de atendimento 01688464 até a sua finalização.

Caso necessite falar conosco, continuamos à sua disposição através do e-mail encaminhado ou do chat privado.

Solicitamos, por gentileza, que mantenha a reclamação aberta até a conclusão do atendimento.

Atenciosamente,

Central de Relacionamento com Clientes
Volkswagen do Brasil
0800 019 57 75
https://www.vw.com.br/pt/fale-conosco.html
Segunda à sexta das 8h às 18h
Sábados das 8h às 14h (exceto feriados nacionais)

Réplica da empresa

24/03/2020 às 14:31

Olá João,

Agradecemos sua sinalização.

Conforme contato telefônico, a situação mencionada foi resolvida. Seu veículo foi reparado e se encontra em condições normais de utilização.

Em relação ao atendimento prestado, esclarecemos que providências internas foram tomadas para que tais fatos não voltem a ocorrer.

Atenciosamente,

Volkswagen do Brasil
0800 019 57 75
https://www.vw.com.br/pt/fale-conosco.html
Segunda à sexta das 8h às 18h
Sábados das 8h às 14h (exceto feriados nacionais)

Não recomendada
Não recomendada
--/ 10

Está com problemas com Volkswagen?

Reclamar